Seguidores- Siga nosso Blog

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Dudy's Special Review #7


Review: "Uncharted 3: Drake`s Deception"

A conclusão de todas as boas ideias da série traz um jogo surpreendentemente mais grave e bombástico: esta é a aventura definitiva
Divulgação


Se existe uma série capaz de causar inveja aos gamers que não possuem um PS3, essa série é "Uncharted". Inicialmente encarado como uma espécie de clone de Lara Croft “de cuecas”, Drake logo conquistou os jogadores ao estrelar as melhores aventuras que já apareceram nos videogames.

"Uncharted 2: Among Thieves" conseguiu a façanha de melhorar e ampliar a experiência com pequenas (mais significativas) melhorias na jogabilidade, gráficos ainda mais refinados e modos multiplayer melhorados. Logo a série se tornou sinônimo de qualidade e referência para jogos do gênero, e para alegria dos fãs e proprietários do console da Sony, o que parecia impossível é realidade: "Uncharted 3" consegue sim ser melhor que os capítulos anteriores.

Como nos filmes do Indiana Jones

Sem dúvida, a nova aventura de Drake em busca de uma cidade perdida e repleta de tesouros é digna de um filme da série "Indiana Jones". Aliás, podemos afirmar sem exageros que supera os filmes do herói de chapéu em vários aspectos. O que mais chama a atenção nesse novo capítulo é, sem dúvida, a forma cinematográfica com que tudo é abordado. Sim, você deve estar se perguntando porque falamos isso se hoje em dia aparecem tantos jogos que tentam imitar os longas-metragens, mas o fato é que em "Uncharted 3" tudo foi pensado e executado de maneira dinâmica, e a qualidade audiovisual sem dúvida traz um dos mais bem-sucedidos games a adaptar esta dinâmica.
Divulgação


Todas as cenas, desde as interativas até as não interativas parecem ter saído nos melhores filmes de ação que você provavelmente assistiu nos últimos tempos. Nas cenas de corte, temos excelentes expressões faciais e uma dublagem impecável, além de ângulos de câmera dramáticos que dão um toque especial e convencem de que de fato estamos vendo um bom filme.

Nas cenas interativas, temos os “quick time events” que combinam cenas de corte com momentos em que se pode interferir como nunca se viu nos games. Alíás, você certamente vai desejar que elas estivessem em maior número, não por serem poucas, mas por serem ótimas e empolgantes.

Refinamento impecável

Na ação propriamente dita, o design dos cenários beira a perfeição. Cada plataforma, local para escalar ou até mesmo os inimigos parecem ter sido posicionados com alguma justificativa para criar o ambiente de combate ideal e certamente são um dos pontos responsáveis pela bela imersão proporcionada pelo jogo. O ritmo da ação simplesmente não te dá tempo pra pensar em incoerências!
Divulgação


Vale lembrar ainda que Drake está mais habilidoso do que nunca, e agora é capaz de executar acrobacias ainda mais embasbacantes graças às situações impagáveis que os produtores o meteram dessa vez. Não é incomum vê-lo sendo jogado pelos ares, ou se agarrar a um detalhe de rocha e ela esfarelar em suas mãos, ou mesmo assistí-lo quase morrer de sede cruzando o gigantesco deserto de Rub` al Khali. Todo o clima do jogo, inclusive, traz a sensação de que esta é a mais perigosa aventura que Drake já viveu, e é bom ver que os personagens e o universo criado pela Naughty Dog evoluíram de maneira a apostar não apenas no humor para trazer vivacidade e cor à história. E não é só narrativa: o arsenal de Drake também foi melhorado e, assim como a jogabilidade em si, as batalhas contra os chefes e os quebra-cabeças também receberam um polimento impressionante.

Tecnicamente impecável e com muito para se jogar

Além do modo campanha que coloca o jogador nas mais impressionantes situações, a equipe da Naughty Dog ainda se preocupou com as modalidades para vários jogadores. Além dos modos competitivos clássicos, existem modos cooperativos que podem ser jogados em tela dividida, e apesar de oferecerem estágios menos complexos que os da campanha single-player, são muito divertidos e ampliam a vida útil do jogo consideravelmente.

Graficamente o jogo é impressionante, sem dúvida um dos mais bonitos não só no PS3 como em toda esta geração. Tudo foi trabalhado nos menores detalhes, desde os cenários, personagens e demais objetos. A impecável engine do jogo foi ainda coberta com um trabalho de arte inspirado na mitologia oriental e digno de Oscar.  Os sons também merecem destaque, com menção especial para as excelentes dublagens e para o trabalho de localização realizado na nossa versão em português. Aqui, as reclamações comuns como termos mal traduzidos ou algumas falas sem expressão não estão presentes e o resultado é a melhor localização já feita para o português de um jogo.
Divulgação


"Uncharted 3" é, com toda certeza o mais impressionante jogo a aparecer no PS3 tanto tecnicamente como na jogabilidade e diversão proporcionada. Mesmo com tantos bons jogos saindo atualmente, "Uncharted 3" é um sério candidato a melhor jogo do ano, e porque não o melhor jogo de toda esta geração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor não xingue nem fale nada abusivo. Tempo para responder comentários: Entre 6-24h.

Qualquer cometário com propaganda ou xingamentos será deletado.
Se quer divulgar seu blog, nos envie um e-mail propondo parceria.