Seguidores- Siga nosso Blog

quarta-feira, 6 de março de 2013

Creepypasta #68

Olá aqui é fariaairaf e vou postar mais uma creepypasta

Fresh Prince of Bel Air (Um Maluco no Pedaço)



Alguém já ouviu falar do episódio perdido de Fresh Prince? Eu costumava ser um amigo íntimo do filho de Andy Borowitz, e eu ia até sua casa pelo menos uma vez por semana. Eu era jovem na época e realmente não sabia nada sobre Fresh Prince, eu estava muito ocupado assistindo desenhos animados e provavelmente não teria entendido de qualquer maneira. Quando fiquei mais velho, o filho dele e eu saíamos, talvez uma vez por mês e raramente nos falavamos. No colegial, eu comecei a assistir à reprises de Nick e Nite. O programa era ótimo, e eu não podia acreditar que tinha sido tão próximo do filho do criador todo esse tempo. Eu comecei a ver o programa mais, e nunca perdia nenhuma noite sequer. Uma noite, eu notei que as mães eram atrizes diferentes, eu estava confuso sobre o porquê eles mudaram abruptamente as esposas. Será que eles acharam que ninguém ia perceber?

Em meu último ano, nós tivemos que fazer um grande projecto que nos obrigou a fazer um grupo; o filho de Andy Borowitz estava na minha classe. Nos agrupamos e decidimos nos reunir em sua casa às 6:00 para a pesquisa. Antes de ir, cheguei em casa e liguei o meu DVR. Eu tinha alguns episódios de Fresh Prince lá e decidi assistir a um antes de ir à sua casa. Foi um dos mais novos, onde tinha a nova mãe. Nisso, eu percebi que eu poderia muito bem perguntar ao Andy o porque da subita mudança.

Eu fui a casa dele e começamos a trabalhar, mas depois de algumas horas de pesquisas frustrante, fizemos uma pausa. Eu fui para o banheiro e o seu pai estava na cozinha, então achei que seria o melhor momento para perguntar sobre isso.

- Oi sr. Borowitz, como vai você?
- Oh, eu estou bem. Como está o projeto?
- Estamos dando um tempo agora.

Houve um silêncio constrangedor e, finalmente, deixei escapar o que estava querendo perguntar a tanto tempo...

- Ei, eu estava assistindo The Fresh Prince no outro dia ... Porque substituiram a mãe por outra?

- Bem, o contrato da atriz original expirou e ela não queria mais fazer isso, então nós colocamos alguém para substituí-la.
- Bem, eu só acho que é confuso para os espectadores. Por que não podiam ter um divórcio, faze-la se mudar para longe, ou até mesmo matá-la?

Ele se levantou, muito palido, como se tivesse visto um fantasma ou um corpo massacrado.

- O que você sabe? - Ele perguntou.
- O quê?
- O que você sabe, filho da puta?

Eu olhei fixamente para ele. Tentei me mover, mas estava com muito medo.

- Eu. .. Eu. .. Eu não sei o que você está falando, senhor.
- Mentira! Quem te disse?

Nesse ponto, eu estava realmente ficando com medo e estava procurando alguma coisa que eu poderia usar como defesa para o caso.

- Honestamente, eu não sei o que você está falando!

Ele me olhou nos olhos por cerca de dois minutos, eu não pisquei.

-Venha ao meu escritório.

Ele saiu e meu coração batia muito rapido. Eu estava coberto de suor e me senti um merda total. Corri para o banheiro e joguei água no meu rosto, tentando recuperar a compostura, mas eu estava muito assustado. Eu lentamente entrei em seu escritório, poderia ouvir alguns papéis voando e algo arranhando uma caixa. Eu rastejei pra dentro. "Sente-se", ele me disse. Eu não queria irritá-lo, então fiz exatamente isso e me sentei.

Ele estava remexendo uma velha caixa marrom, mas não foi marcado e não tinha nenhuma marcação nele. Finalmente, ele encontrou o que estava procurando: uma fita. A fita tinha uma etiqueta com algo escrito com marcador permanente, mas eu não conseguia entender porque ela estava muito suja e desgastada.

Ele jogou sobre a mesa e sentou-se, massageando o lado de sua cabeça ... então, ele olhou diretamente para mim.

- Em 93, quando Janet disse que não queria mais fazer o programa, nós tivemos algumas idéias de como continuar. Haviam três ideias:. Ela se mudar para New Jersey, onde ela conseguiria um emprego como professora em Princeton, deixando a família para trás em Bel Air. A segunda foi a de simplesmente encontrar um substituto, como fizeram em outras series. A terceira idéia ...

Ele fez uma pausa, olhando como se estivesse pronto para vomitar. Seu rosto tornou-se extremamente pálido e seus olhos pareciam profundamente tristes, e ele quase começou a chorar.

- Desculpe-me (Limpando a garganta). A terceira idéia era acabar com o show e matá-la completamente. Filmamos três e decidiu colocá-los todos em uma votação no final.

"As duas primeiras foram escritas e filmadas dentro do tempo bom. Fizemos isso para a edição e todos ficaram bons. No entanto, o terceiro foi o mais difícil. Muitos dos membros do elenco e da direção não queriam fazer parte disso. Já os que fizeram, nunca se recuperaram totalmente depois do que eles viram. A atmosfera estava tensa durante as filmagens e ninguém nem sequer sorria. Normalmente, entre os takes dos outros episódios, os atores conversam e brincavam entre si, mas entre os desse episódio, eles iam se sentar ou ficar com os braços cruzados, olhando para o chão, até que chegavam a sua hora de gravar."

Até agora, sua voz estava embargada e os lábio superior não conseguia parar de tremer. Ele me deu a fita e me disse para dar o fora, e para não voltar mais ou ele iria chamar a polícia.

Eu rapidamente peguei a fita e as minhas coisas, e fui para casa.

Quando cheguei em casa, já era 11:00. Minha família estava dormindo, e eles haviam deixado um pouco de comida no microondas para mim. Eu não estava com vontade de comer. Eu só queria ver a fita.

Eu fui para meu quarto e coloquei a fita no meu DVD/VCR player que ganhei de natal, pausei e fechei a porta. Quando voltei, me joguei na cama e apertei "play" com o controle remoto. Nos primeiros 5 minutos era apenas uma tela preta. Finalmente, a câmera focaliza e você vê a sala de estar da mansão. Tio Phil estava sentado assistindo TV e Carlton estava decendo das escadas. Os dois começaram a falar sobre os planos para a universidade de Carlton, mas você mal poderia ouvir o que eles estavam dizendo. O volume aumentava e diminuía naquela gravação, e não tinha aquele som de risadas no fundo. Eu nem sabia se o que eles estavam dizendo era pra ser engraçado, por que eles tinhas feições mortalmente sérias em seus rostos.

Depois de algum tempo, a família inteira estava na sala de estar, exceto pela mãe. O telefone toca e Tio Phil atende. Imediatamente ele começa a soluçar. Nesse ponto você finalmente poderia ouvir sobre o que eles estavam falando. Tio Phil então cai no chão, chorando incontrolavelmente e gritando em uma dor agonizante. Os outros sentaram e seus rostos ficaram inexpressivos. Os gritos continuaram por alguns minutos até que Carlton pega o telefone e começa a falar com a pessoa na outra linha. Ele diz apenas "yeah" e "goodbye". Carlton sai da cena e então você ouve alguma coisa em latim, seguido de um disparo de uma arma. Tio Phil ainda soluçava e gritava, mas o elenco olhava para o local onde Carlton havia saído. Vivian entra em cena com uma espingarda na mão, também chorando e murmurando alguma coisa em latim. O elenco inteiro se separou e correu, menos o Tio Phil, que agora parecia ter convulsões. Vivian aponta a arma para a cabeça dele e atira. Ela então persegue Carlton pelas escadas e atira nas suas costas. Ele gritou de dor, mas não estava morto. Hillary conseguiu fugir junto com Will, e então eles correram para a casa dos vizinhos.

Eles bateram na porta, mas não houve resposta. Continuaram batendo e tocando a campainha, mas com o mesmo resultado. Checaram a maçaneta e abriram a porta, entrando e olhando ao redor; a casa não tinha energia ou luz. Eles imediatamente ficaram apavorados, mas ficaram lá e procuraram um telefone. A cena então corta para uma outra um pouco embaçada, onde Vivian amarra Ashley. Ela está chorando, mas é abafada por uma mordaça. Vivian então arrasta Carlton e começa a cantar uma música velha. Ela estava com um sorriso muito estranho e bizarro e com lágrimas caindo de seu rosto. Carlton começou a fazer uma oração, mas Vivian rapidamente apontou a arma e o mandou parar. Ela então virou para Ashley e puxou uma faca, e lentamente andou ao redor, cantando...

"Ashley, querida!"
"Uma garota tão boazinha!"
"Uma garota tão bonitinha!"
"Minha garota favorita!"

Ela levantou a faca e desceu com tudo para o pescoço de Ashley, mas antes que a faca a atingisse, a cena ficou preta. Isso foi seguido por uns 10 minutos de aplausos, que se transformam em murmúrios e depois gritos. Os gritos ficaram mais altos e então a cena voltou para Will e Hillary, encontrando os corpos mortos no sofá, e as paredes e o chão todos cobertos em sangue, mas sem sinal de Vivian. Hillary diz para Will que eles têm que sair, mas ele diz "Não, eu quero ficar". Hillary começa a gritar com Will tentando convencê-lo, mas eventualmente desiste e corre para fora da casa. Não havia explicação do porquê de terem voltado para casa, tudo que você via era Hillary correndo desesperadamente. Novamente a cena fica preta por quase 1 minuto.

O show então termina e os créditos aparecem. No fundo, tem uma foto de todos sentados no sofá: Tio Phil com a cabeça estourada, Carlton com uma enorme ferida no estômago e os órgãos à mostra, Ashley com a pele arrancada e Will com os membros despedaçados e arrancados. Vivian estava sentada no meio, sorrindo e coberta de sangue.

Depois que os créditos acabaram, a foto ficou lá por bons 13 segundos.

Eu pulei da cama e apertei "ejetar". O VCR retirou o VHS, mas a fita que estava grudada lá ficou atolada dentro. Cortei a fita com uma tesoura e limpei a bagunça, comecei a examinar a fita e percebi que ainda havia muito filme do lado esquerdo. Com uma enorme dor no coração, joguei tudo no lixo.

Naquela noite, a figura do fim dos créditos assombraram meus sonhos, exceto que em vez de ver a família Banks sentada no sofá... era a minha própria, comigo no meio, sorrindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor não xingue nem fale nada abusivo. Tempo para responder comentários: Entre 6-24h.

Qualquer cometário com propaganda ou xingamentos será deletado.
Se quer divulgar seu blog, nos envie um e-mail propondo parceria.